Direção


HERALDO CAVALCANTI estudou Realização em Cinema e TV no Instituto Dragão do Mar de Arte e Cultura, em Fortaleza, onde foi aluno de Geraldo Sarno, Maurice Capovilla, Tata Amaral, Ruy Guerra, Mário Carneiro, Carlos Ebert, entre outros.

Em 2000 começou a trabalhar com comerciais para TV e vídeos publicitários e em 2002 realizou CONFIANÇA, curta-metragem de ficção filmado em 35 mm.

 

Em 2003, produziu e dirigiu A INSUPORTÁVEL COMEDORA DE CHOCOLATES, curta de ficção com qual ganhou o Prêmio Revelação na Jornada Internacional de Cinema da Bahia. Entre 2004 e 2006, produziu e dirigiu o programa CULTURA EM CENA, exibido na TV Ceará. 

 

Paralelo à carreira como diretor cinematográfico, também atuou em entidades associativas: em 2006 e 2007 foi presidente da Associação Cearense de Cinema e Vídeo – ACCV, e em 2008 a 2009 foi Secretário da Associação Brasileira de Documentaristas.  

 

Em 2009 realizou o documentário FRACTAIS SERTANEJOS, contemplado com mais de 30 prêmios, além de ser escolhido um dos dez melhores filmes no Festival Internacional de Curtas de São Paulo, e ter recebido Prêmio pela International Catholic Organization For Cinema And Audiovisual, OSCIC-SIGNIS BRASIL. 

 

Em 2010 dirigiu o filme A CASA DAS HORAS, exibido em mais de dez países, escolhido Melhor Filme com mais de 15 minutos, no 2011 Palm Springs Shortfest, premiação qualificadora ao OSCAR 2012. 

 

Atualmente trabalha na série para televisão OS PRAZERES DA VIDA, oito documentários que abordam a experiência humana a partir de oito diferentes prazeres.