Equipe


HERALDO CAVALCANTI estudou cinema em 1998 e 1999, em Fortaleza, em curso de cinema criado pelo governo do estado. Nesse período fez dois curtas: O PASSEIO e CRIANÇAS NA PRAÇA. Em 2000 começou a trabalhar com comerciais para TV e vídeos publicitários. Em 2002 dirigiu CONFIANÇA, curta filmado em 35 mm e em 2003, A INSUPORTÁVEL COMEDORA DE CHOCOLATES. Entre 2004 e 2006, produziu e dirigiu a série CULTURA EM CENA, exibida na TV CEARÁ. Em 2009 dirigiu o documentário FRACTAIS SERTANEJOS, escolhido um dos dez melhores filmes no Festival Internacional de Curtas de São Paulo e tendo recebido prêmio pela International Catholic Organization for Cinema and Audiovisual, OSCIC-SIGNIS BRASIL. Em 2010 dirigiu o filme A CASA DAS HORAS, exibido em mais de dez países, e que conquistou diversos prêmios, entre os quais, BEST SHORT FILM OVER 15 MINUTES, no 2011 Palm Springs Shortfest, que qualificou o filme para inscrição no OSCAR 2012 na categoria curta-metragem de ficção.


 

RENATA MOURA nasceu em São Paulo, em 1969 e formou-se em Psicologia pela Universidade de São Paulo em 1993. Estudou Audiovisual no curso de Realizadores do Instituto Dragão do Mar de Arte e Indústria Audiovisual em Fortaleza/CE.

Iniciou seu trabalho na produtora Cia de Imagens, fazendo orçamentos e apoio a projetos de cinema, continuou como assistente de produção em produções internacionais, e festivais de cinema. Em 2000, entrou na Superfilmes como assistente de produção. Paralelamente, fundou sua produtora, a Barraco Forte Entretenimento, onde produziu reportagens para o projeto Brasil Total e Central da Periferia exibidos na Rede Globo. Na Trama Filmes, desenvolveu programas de TV.

Em 2008 e 2009, atuou na produtora Moonshot como coordenadora de projetos. Colaborou também em produções feitas parte em São Paulo, como o filme OS ÚLTIMOS CANGACEIROS, de Wolney Oliveira e FRACTAIS SERTANEJOS, de Heraldo Cavalcanti.

Coproduzido pela Barraco Forte, o filme BRÓDER, de Jeferson De (2010), estreou na Mostra Panorama do Festival de Berlim 2010, e foi o grande ganhador do Festival de Gramado 2010.

Produziu com a Sancho Filmes e a Dezenove Filmes o primeiro longa-metragem de Michael Wahrmann, AVANTI POPOLO, ganhador do prêmio de Melhor Filme na Mostra CiNEMAXX do Festival de Roma 2012, entre outros prêmios.

Em 2013 trabalhou com o acervo do cineasta Carlos Reichenbach e na Raiz Distribuidora e em 2014 nos filmes MÃE SÓ HÁ UMA, de Anna Muylaert e O ESCARAVELHO DO DIABO, de Carlos Milani, ambos na Dezenove Som e Imagens.